Ano litúrgico A – Tempo do Natal

FELIZ NATAL!! =)
  • 1. Vinde, cristãos, vinde à porfia – Melodia francesa

Canto processional de entrada – Natal e Epifania

Vinde, cristãos, vinde à porfia! Hinos cantemos de louvor! Hinos de paz e de alegria, que os anjos cantam ao Senhor!

Glóóóóória a Deus nas alturas!  Glóóóóória a Deus nas alturas!

Foi nesta noite venturosa, em que nasceu o Salvador, que anjos com voz harmoniosa deram a Deus o seu louvor!

Vinde juntar-vos aos pastores! Vinde com eles a Belém! Vinde correndo pressurosos, pois, o Senhor enfim nos vem!


  • 2. Olhando a Sagrada Família – José A. Santana

Entrada – Domingo da Sagrada Família

Olhando a Sagrada Família, Jesus, Maria e José, saibamos fazer a partilha dos gestos de amor e de fé!

Maria, mãe santa e esposa exemplar, José, pai zeloso voltado ao seu lar, Jesus, filho amado em missão de salvar, caminhos distintos, num só caminhar.

Maria do sim e do amor-doação, José, operário a serviço do pão, Jesus ocupado com sua missão: três vidas distintas num só coração.

Se todas as mães em Maria se acharem, e todos os pais em José se espelharem, se todos os filhos em Cristo se olharem, serão mais família, quanto mais se amarem.


3.    Maria, mãe do Redentor – Frei Fabretti

 Entrada – Solenidade da Santa Mãe de Deus

A aurora precede o nascer do sol, que vem trazer luz e calor pra semente brotar. Maria, tu és a aurora! Jesus é o sol, o calor! E o meu coração é a semente que vai germinar neste amor!

Não deixa o teu povo esperar em vão um mundo sem ódio e rancor, onde reina o perdão. /: Maria do “amém”, do “aleluia”, escuta do povo o clamor. De teu coração sempre aberto nos mande Jesus Redentor! :/


  • 4. Ato penitencial – JMJ Rio 2013

Senhor, que vistes salvar, os corações arrependidos!

Kyrie, eleison, eleison, eleison! (2 x)

Ó Cristo, que viestes chamar os pecados humilhados!

Christe, eleison, eleison, eleison! (2 x)

Senhor, que intercedeis por nós junto a Deus Pai que nos perdoa!

Kyrie, eleison, eleison, eleison! (2 x)


  • 5. Que poderemos ao Senhor apresentar – José Weber

Canto processional das oferendas – Natal

Que poderemos ao Senhor apresentar quando seu Filho de presente ele nos dá?

O infinito do universo e um sorriso das crianças, nossas lutas e alegrias, nossas dores e esperanças.

Toda flor que desabrocha, toda lágrima que cai, o clamor dos pequeninos, todo riso e todo “ai”.

Nossos campos que florescem, o suor de nossas mãos, e o trabalho do operário, que do trigo fez o pão.

Pão e vinho vão tornar-se corpo e sangue do Senhor. Nossa vida também seja transformada em seu amor.


6.   Cristãos, vinde todos! – Adaptação Emílio Sheid

Canto das oferendas – Natal e Epifania

Cristãos, vinde todos, com alegres cantos! Oh! Vinde! Oh! Vinde até Belém! Vede nascido vosso Rei eterno!

Oh! Vinde adoremos! Oh! Vinde adoremos! Oh! Vinde adoremos o Salvador!

Humildes pastores deixam seus rebanhos e alegres acorrem ao Rei do Céu. Nós, igualmente, cheios de alegria!

Nasceu em pobreza, repousando em palhas. O nosso afeto lhe vamos dar! Tanto amou-nos! Quem não há de amá-lo?

A estrela do Oriente conduziu os magos e a este mistério envolve em luz. Tal claridade também seguiremos!


  • 7. Daqui do meu lugar – Pe. Zezinho

Oferendas – Solenidade da Santa Mãe de Deus

Daqui do meu lugar, eu olho teu altar, e fico a imaginar aquele pão aquela refeição. Partiste aquele pão e o deste aos teus irmãos, criaste a religião do pão do céu, do pão que vem do céu!

Somos a igreja do pão, do pão repartido e do abraço e da paz! (Bis)

Daqui do meu lugar, eu olho o teu altar, e fico a imaginar aquela paz, aquela comunhão. Viveste aquela paz, e a deste aos teus irmãos, criaste a religião do pão da paz, da paz que vem do céu!

Somos a Igreja da paz, da paz partilhada e do abraço e do pão! (Bis)


8.   No presépio pequenino – José Weber

Canto processional da comunhão – Natal

No presépio pequenino, Deus é hoje nosso irmão! E nos dá seu Corpo e Sangue nesta santa Comunhão!

Para os homens que erravam nas trevas, lá do céu resplandece uma luz! Hoje Deus visitou nossa terra e nos deu o seu Filho Jesus!

Duma flor germinada na terra, fecundada por sopro de Deus, hoje um novo começo desponta e se abraçam a terra e os céus!

Boas novas de grande alegria mensageiros do céu vêm cantar! E aos pastores um anjo anuncia: “Deus nasceu em Belém de Judá!”

Para os pobres e fracos da terra, em Belém nasceu hoje um irmão: Ele humilha os soberbos e fortes e se faz dos pequenos o pão!


9.   Da cepa brotou a rama – Reginaldo Veloso

Comunhão – Solenidade da Santa Mãe de Deus

Da cepa brotou a rama, da rama brotou a flor, da flor nasceu Maria, de Maria o Salvador! (Bis)

O Espírito de Deus sobre ele pousará, de saber, de entendimento este Espírito será, de conselho e fortaleza, de ciência e de temor! Achará sua alegria no temor do seu Senhor!

Não será pela ilusão do olhar, do ouvir falar que Ele irá julgar os homens, como é praxe acontecer, mas os pobres desta terra com justiça julgará, e dos fracos o direito Ele é quem defenderá.

A palavra de sua boca ferirá o violento, e o sopro de seus lábios matará o avarento. A justiça é o cinto que circunda a sua cintura, e o manto da lealdade é a sua vestidura.

Neste dia, neste dia, o incrível, verdadeiro, coisa que nunca se viu: morar lobo com cordeiro, a comer do mesmo pasto tigre e boi, burro e leão! Por um menino guiados se confraternizarão!

Um menino, uma criança com as feras a brincar, e nenhum mal nenhum dano mais na terra se fará. Da ciência do Senhor cheio o mundo estará, como o sol inunda a terra e as águas enchem o mar!


10.  Vimos sua estrela no Oriente – Geraldo L. Bastos

Canto processional da comunhão – Epifania

Vimos sua estrela no Oriente e assim vimos adorar o Rei da gente!

Onde foi que nasceu o rei dos Judeus? Em Belém da Judeia, conforme diz Miquéias.

No lugar da estrebaria se deteve a estrela guia encontraram com alegria o menino com Maria.

E abrindo seus tesouros deram incenso, mirra e ouro. Glória ao Pai e ao Menino, e ao Espírito Divino.


11. Noite feliz – Franz Gruber

Canto final

Noite feliz! Noite feliz! Ó Senhor, Deus de amor, pobrezinho nasceu em Belém. Eis na lapa Jesus, nosso bem. Dorme em paz, ó Jesus! Dorme em paz, ó Jesus!

Noite feliz! Noite feliz! Ó Jesus, Deus da luz, quão afável é teu coração, que quiseste nascer nosso irmão e a nós todos salvar! E a nós todos salvar!

Noite feliz! Noite feliz! Eis que no ar vêm cantar aos pastores os anjos do céu, anunciando a chegada de Deus, de Jesus Salvador! De Jesus Salvador!


12.  Hoje a noite é bela – James L. Pierpont

Canto final

Bate o sino pequenino, sino de Belém. Já nasceu o Deus menino para o nosso bem! “Paz na terra”, pede o sino alegre a cantar. Abençoe Deus menino este nosso lar!

Hoje a noite é bela, vamos à capela, sob a luz da vela, felizes a rezar! Ao soar o sino, sino pequenino, vai o Deus menino nos abençoar!

Vamos, minha gente, vamos a Belém, vamos ver Maria e Jesus também. Já deu meia noite, já chegou o Natal, já tocou o sino lá na catedral!


* Mantras para o Tempo do Natal

13. Ó luz do Senhor, que vem sobre a terra, inunda meu ser, permanece em nós! (Fr. Luís Turra)


14. Nossos olhos ganharão nova luz com a tua presença, Jesus! (Ir. Agostinha V. de Melo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *